Quatro são detidos com 16 celulares furtados durante Parada LGBT no DF

Aparelhos foram achados em caminhonete em que o grupo estava. Vítimas tiveram aparelhos devolvidos; caso é investigado pela 5ª DP.

Publicado em 29/06/15 às 13:49

Do Gay1

Foto: Polícia Militar/Divulgação

Celulares apreendidos pela PM em Brasília.
Quatro pessoas foram presas na noite do domingo (28) com 16 celulares furtados durante a edição da Parada do Orgulho LGBTS em Brasília. Os aparelhos foram achados no compartimento do banco traseiro e no porta console central da caminhonete em que o grupo estava.

O carro foi parado pela Polícia Militar na via N1, no centro da cidade, por volta de 23h. As vítimas foram contatadas e tiveram os celulares restituídos.

Os quatro suspeitos já tinham passagens pela polícia. O caso é investigado pela 5ª Delegacia de Polícia.

Parada LGBT
A 18ª Parada do Orgulho de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) de Brasília reuniu 60 mil pessoas no Eixo Monumental na tarde deste domingo (28), segundo a Organização. A concentração começou após a realização de um casamento coletivo entre pessoas do mesmo sexo em frente ao Congresso Nacional por volta das 14h30 e seguiu rumo à Torre de TV.

Todas as seis faixas do Eixo sentido Torre foram interditadas pela PM para a passagem do público. Até a última atualização desta reportagem, não havia registros de tumultos no evento.

A parada contou com dois trios elétricos. O repertório musical foi variado e incluiu desde o pop internacional até o funk carioca.
 
Encontre-nos no Google+