Homofobia: jovens são agredidos com taco de beisebol em prédio no DF

As vítimas também levaram chutes e socos. O caso aconteceu na madrugada do último sábado (5/7).

Publicado em 07/07/15 às 12:44

Por Bernardo Bittar

Quatro homens e uma mulher são suspeitos de homofobia, após violência contra dois rapazes que voltavam de uma festa, por volta das 4h, no último sábado (5/7). As vítimas levaram chutes e socos, além de apanharem com um taco de beisebol. O episódio aconteceu no bloco B da SQN 216 e os agressores ainda não foram presos.

Um dos rapazes machucou a cabeça, o braço e as costas. O outro, reclama de dores na cabeça. Ao todo, eram quatro amigos. Metade conseguiu fugir. Os dois que ficaram – e apanharam – disseram acreditar que a agressão foi motivada pela orientação sexual deles. Disseram ainda que não conheciam os agressores, que aparentavam ter idades entre 23 e 29 anos, e que fugiram de carro.

Antes da agressão gratuita, uma das vítimas disse acreditar que poderia se tratar de um assalto. No entanto, quando os agressores se aproximaram, gritando, os dois foram atacados, caíram no chão e levaram vários golpes em diferentes partes do corpo. O caso é investigado pela 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte). Ninguém foi preso.
 
Encontre-nos no Google+