Morre adolescente esfaqueada na Parada do Orgulho LGBT de Jerusalém

Extremista judeu feriu seis pessoas com faca e foi detido. Jovem de 16 anos morreu neste domingo em hospital.

Publicado em 03/08/15 às 21:18

Do Gay1 com Agências Internacionais

Foto: Sebastian Scheiner/AP

Um judeu ultraortodoxo ataca pessoas com uma faca na Parada LGBT de Jerusalém nesta quinta-feira (30).
Uma adolescente israelense de 16 anos morreu neste domingo (2) ao não resistir aos ferimentos depois de ter sido esfaqueada, ao lado de outras cinco pessoas, por um extremista judeu durante o desfile do Orgulho LGBT em Jerusalém na quinta-feira (30), anunciou o hospital Hadassah.

O extremista, Yishaï Shlissel, colono ultraortodoxo, detido e indiciado depois do ato, acabara de cumprir 10 anos de prisão por um ataque similar que deixou três feridos na parada do Orgulho LGBT de Jerusalém em 2005.

A adolescente, Shira Banki, havia sido internada em "estado crítico".
 
Encontre-nos no Google+