Atrizes comemoram carinho do público com casal de lésbicas em 'A Regra do Jogo'

Júlia Rabello e Giselle Batista falam sobre suas personagens na trama das nove e sobre a possibilidade de um beijo.

Publicado em 01/10/15 às 15:40

Do Gay1 Entretenimento

Júlia Rabello e Giselle Batista falam que um possível beijo não as assusta, mas também não é algo que ambas considerem primordial na história das personagens.

Foto: Artur Meninea

Júlia Rabello e Giselle Batista falam que um possível beijo não as assusta, mas também não é algo que ambas considerem primordial na história das personagens.
Um novo casal aterrissou recentemente em 'A Regra do Jogo', novela das 9 da Globo, e já virou o queridinho do público. Trata-se de Úrsula e Duda, ou "Dúrsula", como elas estão sendo chamadas nas redes sociais. As duas mal chegaram à trama e já conquistaram os telespectadores.

“Recebi muitas mensagens carinhosas dizendo que curtiram muito as duas e que acharam elas muito leves e divertidas”, conta a atriz Júlia Rabello, que interpreta Úrsula, uma tatuadora durona que voltou a morar no casa do pai e trouxe consigo a doce namorada Duda. Coube à atriz Giselle Batista completar o casal. Da mesma forma que sua parceira, ela também vibra com o carinho que vem recebendo: “Uma torcida muito grande vem se formando nas redes sociais. Recebo diariamente mensagens de fãs da novela que acompanham e admiram o casal”.

Júlia Rabello e Giselle Batista vivem o casal Úsula e Duda em A Regra do Jogo.

Foto: Reprodução/TV Globo

Júlia Rabello e Giselle Batista vivem o casal Úsula e Duda em A Regra do Jogo.
“O fato dela (Duda) ser apaixonada por uma mulher não muda a maneira de compor. Parto do princípio que são pessoas reais, com pontos fortes e fracos”, conta Giselle. Para Júlia, o desafio de interpretação vai muito além da sexualidade de Úrsula: “Cada personagem impõe um desafio diferente, a questão da sexualidade é só um dos itens deste quebra-cabeça”.

Beijo
Um possível beijo não as assusta, mas também não é algo que ambas considerem primordial na história das personagens. “Torço para que essa história de amor seja contada da melhor maneira possível”, diz Júlia. Giselle revela que ainda nem gastou muito tempo pensando no assunto: “O texto é tão bom que estou me deixando surpreender. Se vier, será numa hora ótima. Se não vier, não era necessário”.

Nos torcemos por muitos beijos, trocas de carinhos e muito mais como qualquer outro casal.
 
Encontre-nos no Google+