Branca de Neve desperta a Bela Adormecida com beijo em novo livro

Na adaptação 'A Bela e a Adormecida', de Neil Gaiman, o príncipe fica de fora da história.

Publicado em 19/10/15 às 16:51

Do Gay1 Entretenimento

Autor disse estar cansado de ver mulheres serem resgatadas por homem e decidiu inverter os papéis.

Foto: Divulgação

Autor disse estar cansado de ver mulheres serem resgatadas por homem e decidiu inverter os papéis.
Em uma releitura do conto de fadas "A Bela Adormecida", a princesa Aurora acorda do sono profundo com um beijo de amor de Branca de Neve. A nova versão intitulada de "A Bela e a Adormecida" tem autoria de Neil Gaiman e ilustrações de Chris Riddell, cartunista do jornal britânico "The Observer".

Na adaptação de Gaiman, que mistura duas das mais famosas histórias da Disney, uma jovem rainha parte em direção a um reino que, segundo boatos, tem uma princesa enfeitiçada. Branca de Neve, a rainha em questão, deixa para trás o próprio casamento e segue em sua missão acompanhada por três anões.

Em entrevista ao periódico britânico "The Thelegraph", o escritor disse que mudou o desfecho do conto porque "não tem paciência para histórias em que mulheres são resgatadas por príncipes".

"A Bela e Adormecida" chega ao Brasil no dia 7 de novembro pela editora Rocco. A versão traduzida por Renata Pettengil custará R$ 49,50.
 
Encontre-nos no Google+