Deputada Jandira Feghali defende Jean Wyllys e reclama do retrocesso da Câmara

"Orientação sexual é um direito humano. Cada uma faz o que a vida lhe dá como felicidade" discursou a parlamentar do PCdoB na tribuna.

Publicado em 30/10/15 às 23:15

Do Gay1

Foto: Reprodução

A deputada Jandira Feghali, do PCdoB do Rio de Janeiro, em plenário da Câmara.
A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) discursou na tribuna em defesa do colega de Estado Jean Wyllys (PSOL-RJ) na última quarta-feira, 28, na sessão plenária.

Tudo começou quando João Rodrigues usava a tribuna da Câmara para criticar parlamentares que eram contra a flexibilização do Estatuto do Desarmamento, aprovada na terça-feira, 27, por uma comissão especial da Casa.

O deputado de Santa Catarina sugeriu que parlamentares que são contra a flexibilização, como Jean Wyllys, "se postam como que se fossem verdadeiros defensores de bandido".

Em resposta, Jean Wyllys acusou Rodrigues de roubar dinheiro público. "Homens decentes não assistem vídeos pornôs durante a sessão plenária. Homens decentes não são condenados por improbidade administrativa, por roubar dinheiro público, como o deputado foi", disparou.

O deputado do PSOL se referia ao flagra feito pela imprensa, em maio deste ano. Durante uma votação de propostas da reforma política na Casa, Rodrigues foi flagrado assistindo vídeo e vendo fotos pornôs. Na época, o parlamentar afirmou que tinha apenas aberto um vídeo enviado em grupo do aplicativo WhatsApp.

Jandira repudiou as agressões sofridas por Wyllys feita pelo o deputado João Rodrigues. Comentou do momento de retrocesso que vive a Câmara e falou em favor dos direitos LGBT. "Orientação sexual é um direito humano. Cada uma faz o que a vida lhe dá como felicidade" concluiu a deputado. Assista:

O FASCISMO NA CÂMARA

Jandira defende na tribuna o deputado Jean Wyllys após agressões e faz um chamamento ao diálogo e respeito da Instituição. Imperdível! <3

Posted by Jandira Feghali on Sexta, 30 de outubro de 2015
 
Encontre-nos no Google+