Justiça decreta prisão de suspeita de matar ex-companheira a facadas no RS

A suspeita está internada em uma UPA de Santa Maria desde domingo. As duas tinham terminado um relacionamento, mas viviam no mesmo local.

Publicado em 07/12/15 às 16:25

Do Gay1

Foto: Reprodução/Facebook

A vítima Helenara Pinzon, à esquerda, ao lado da ex e suspeita do crime.
A 1ª Vara Criminal de Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, autorizou, nesta segunda-feira (7) o pedido de prisão preventiva da suspeita de matar a ex-companheira na cidade de Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul. Stephanie Freitas, 24 anos, está internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. As duas tinham terminado o relacionamento, mas viviam no mesmo apartamento, segundo a polícia.

A vítima, identificada como Helenara Pinzon foi encontrada morta na tarde de sábado (5) no apartamento onde vivia com Stephanie. Ela tinha ferimentos causados por faca no pescoço, no peito e no abdômen. A companheira foi presa em flagrante e nesta segunda (7) Justiça concedeu a preventiva, que estende o tempo de prisão.

Testemunhas relataram à polícia que Stephanie estava “aparentemente transtornada”. Ela está internada desde o domingo (6) na UPA para tratar o abalo emocional. Após receber alta, dever ser encaminhada para o presídio.

De acordo com informações da equipe de enfermagem da Unidade, Stephanie chegou com poucos arranhões, mas abalada psicologicamente e, por isso, não fala e ainda está e estado de choque.

De acordo com o delegado que registrou a ocorrência, Laurece Teixeira, o inquérito foi encaminhado à Delegacia da Mulher. A suspeita pode ser indiciada por homicídio.
 
Encontre-nos no Google+