Adidas passa a apoiar atletas patrocinados que saírem dos armários

Marca é segunda maior empresa de artigos esportivos do mundo.

Publicado em 19/02/16 às 11:00

Do Gay1 Esportes

Adidas passa a apoiar atletas patrocinados que saírem dos armários

Foto: Reprodução/FOX Sports

Tom Daley, da natação, é um dos atletas assumidos patrocinados pela Adidas
A Adidas, segunda maior empresa de artigos esportivos do mundo, acaba de dar um salto à frente das outras marcas do setor. A notícia não envolve vendas e lucros, e sim, a abertura ao novo momento em sociedade.

A partir de agora, atletas atrelados à marca terão garantias contratuais de que terão seus patrocínios preservados caso queiram assumir sua orientação sexual ou identidade de gênero publicamente. Parece óbvio, mas na verdade as multinacionais de adaptam as ‘tradições’ de cada país, podendo romper contratos caso o atleta saia do armário.

Segundo o BuzzFeed News, a Adidas adicionou uma cláusula no contrato de patrocínio que diz: "A Adidas reconhece e adere aos princípios da diversidade sendo esta uma parte central da filosofia do grupo. Assim, a Adidas garante que este acordo não será nem terminado nem modificado caso o atleta venha a público como um membro da comunidade LGBT".

O grandioso passo é importante para uma marca que patrocina atletas assumidos com Nicole Adams, do boxe, e Tom Daley, da natação. Agora resta esperar que outros nomes do mercado esportivo, como a Nike, se manifestem e corram para o futuro também.

Adidas responde comentários homofóbicos
No último domingo, dia 14, boa parte do mundo celebrou o Valentine's Day, também conhecido como Dia dos Namorados. Para comemorar, a Adidas divulgou em seu Instagram a foto de 2 mulheres, uma de frente para a outra – indicando o momento de um beijo. A imagem só mostra as pernas, com destaque para os pares de tênis, ambos da Adidas e ambos iguais.

Na legenda, a frase: “The love you take is equal to the love you make” (O amor que você dá é igual ao amor que você recebe). Nos comentários algumas pessoas reclamaram da atitude da marca, mas a Adidas não deixou barato (veja a tradução abaixo).

@americanhero123: "Vergonha de vocês, Adidas !!!! Eu vou para a Nike agora"
@adidas: *mãozinha dando tchau* e *beijinho*

@azemann: "Que porra é essa, Adidas ???? Esse dia é para garoto e garota, quando são casal, não para lésbicas. Adidas estúpida"
@adidas: "Não, esse dia é para o amor, Feliz Dia dos Namorados"

Parabéns Adidas!
 
Encontre-nos no Google+