Curso de uma inexistente 'cura gay' vira memes nas redes sociais

Post em rede social diz que conteúdo foi 'chancelado por MP'; órgão rejeita.

Publicado em 25/02/16 às 22:06

Por Hernanny Queiroz
Curso de  inexistente 'cura gay' vira memes nas redes sociais

Foto: Reprodução

Curso viralizou e se transformou em memes nas redes sociais.
Uma imagem que circula em redes sociais de um curso para uma suposta 'cura gay', dada por Claudemiro Soares, com a frase "orientações para famílias e educadores à luz da Ciência e da Bíblia" viralizou e se transformou em memes.

O Ministério Público do Distrito Federal abriu procedimento administrativo para investigar a citação do órgão na propaganda que circula em redes sociais e diz que o MP "chancelou o conteúdo" da palestra, mas o órgão nega a informação.

Em nota, o MP diz que não analisou ou chancelou o curso e que "não compactua com qualquer ação que favoreça a patologização de comportamentos ou práticas homoeróticas e a adotarem ação coercitiva tendente a orientar homossexuais para tratamentos não solicitados", conforme recomendado pelo Conselho Federal de Psicologia.

Mais postagens
Em outros textos divulgados na mesma rede social, Soares defende que a suposta "cura gay é um direito reconhecido pela Justiça", que "transsexualidade é uma fraude" e que "feminismo é demônio". Das 20 publicações mais recentes e públicas no perfil, 14 falam sobre a homossexualidade, 3 sobre feminismo e aborto, 2 sobre religião e 1 sobre política.

Na noite desta quinta, os comentários de todas essas publicações tinham sido "invadidas" por ativistas dos direitos LGBT, com memes, montagens e mensagens de protesto. A nota do Ministério Público, divulgada no site, também foi colada diversas vezes no perfil.
 
Encontre-nos no Google+