Jovem baleada pela ex-namorada morre após parada cardiorrespiratória

Ex-namorada atirou em jovem e depois cometeu suicídio, diz polícia. Hanna Júlia teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.

Publicado em 24/02/16 às 17:47

Do Gay1

Jovem baleada pela ex-namorada morre após parada cardiorrespiratória

Foto: Reprodução/Facebook

Hanna morreu após sofrer uma parada cardiorrespiratória.
A jovem Hanna Júlia Oliveira, de 18 anos, baleada pela ex-namorada na última segunda-feira (22), morreu nesta quarta-feira (24), após sofrer uma parada cardiorrespiratória. A informação foi confirmada pelo Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul (AC). Hanna foi atingida com um tiro na cabeça, disparado, segundo a polícia, por Itamila de Souza, de 18 anos, que não aceitava o fim do relacionamento.

Hanna estava internada na UTI do Hospital do Juruá em estado gravíssimo. Ainda nesta quarta, o diretor técnico do hospital, Marcos Lima, informou que a jovem estava em coma profundo e que o quadro era irreversível. Logo após a declaração, Hanna veio a óbito.

Entenda o caso
De acordo com a polícia, Hanna Júlia teria terminado um relacionamento com Itamila de Souza. Inconformada, a jovem manteve Hanna refém em um apartamento até o momento do crime, na segunda-feira (22). Depois de atirar na ex-namorada, Itamila cometeu suícidio.

Pouco antes de ser atingida com um tiro na cabeça, a jovem Hanna Júlia ligou para o amigo Lucas Oliveira, de 19 anos, pedindo ajuda e depois enviou um mapa com a localização de onde ela estava pelo WhatsApp. O estudante diz que Hanna e ele foram liberados cedo da aula na faculdade e que Itamila já estaria esperando a vítima em um táxi.

Oliveira diz que chegou a ir ao local indicado no mapa e tentou salvar a amiga, mas foi ameaçado por Itamilia, que estava armada. Logo em seguida, ela disparou contra a ex-namorada.
 
Encontre-nos no Google+