'Tudo que uma rainha merece', diz Léo Àquilla sobre casamento

Cerimonia de R$ 700 mil também virou um momento de visibilidade para os direitos das pessoas transexuais.

Publicado em 18/05/16 às 14:34

Por Felipe Abílio
'Tudo que uma rainha merece', diz Léo Àquilla sobre casamento


Cabelo, maquiagem, coroa, véu, grinalda e uma hora de atraso. Poderíamos estar falando sobre o grande dia do casamento de Léo Áquilla (Ou como também gosta de ser chamada, Leonora Àquilla) com Chico Campadello no dia 8 de junho, mas já no ensaio fotográfico a jornalista cumpriu todos os quesitos de uma noiva clássica. "Desculpa o atraso, está um trânsito maluco", disse ao chegar vestida de noiva como se realmente fosse entrar na igreja no segundo seguinte. Aos 45 anos, Leonora vai subir ao altar pela primeira vez e, além de se considerar uma noiva tradicional, ela também fará uma festa com direito a tudo que manda o figurino e muita sofisticação avaliada em quase 700 mil reais.

"Vou ter tudo que uma rainha merece, nunca me senti tão pronta", disse. "Vamos fazer em um buffet, um salão será decorado só para a cerimônia e outro para a recepção. A gente ia fazer uma festa simples, para os amigos, mas nossa cerimonialista Eliane Maldonado organizou uma festa de arromba que já está em R$ 684 mil, só meu vestido ficou em R$ 40 mil", disse.

Diferente de alguns artistas que fazem festa na base da permuta – ganham tudo em troca de divulgação – e jamais assumem, Leonora faz questão de falar que não colocou a mão no bolso para realizar seu casamento. "Foi tudo presente, como é que não vamos aceitar e nem falar isso? Não gastei um real".

Espirita kardecista, Leonora escolheu o evangelista João Marcelo para abençoar a cerimônia. "O que eu gosto desse casamento é a diversidade das pessoas contemplando só o amor, só o amor importa".

O brilho nos olhos de Leonora denuncia a felicidade quando faz planos para o futuro – sem largar um segundo a mão do amado durante a entrevista - situação quase imaginável se voltarmos ao dia 24 de fevereiro, quando Chico ficou entre a vida e a morte após uma embolia pulmonar. Em um vídeo divulgado no Facebook na época, a jornalista aos prantos pedia por orações ao amado já que sua situação era gravíssima.

Foi neste momento que o evangelista João entrou na vida de Léo e a partir dali foi a escolha para celebrar a união – que ela já acreditava que iria acontecer.

Após a tempestade e recuperado, Chico não esconde o amor e a ansiedade de oficializar a união com Léo. "Estou contanto os dias, daqui a pouco vou contar as horas. Estou ansioso, emocionado porque é o grande dia de nossas vidas. É um casamento com puro amor, não tem nada que não seja amor de um sentimento mais puro, fico muito feliz".

Se antes a cerimônia seria só para amigos, a oportunidade de fazer uma grande festa também virou um momento de debate para Leonora por ser a primeira transexual pública a fazer um casamento tão tradicional.

"Como será uma festa de amor, pública, queremos trazer essa bandeira da igualdade, quero que a minha festa, o meu casamento sirva de exemplo para outras meninas, quero mostrar que a gente pode também, a gente pode querer tudo que uma noiva sempre sonhou e realizar isso".
 
Encontre-nos no Google+