Pela internet, ministra britânica assume ser lésbica em dia de Parada LGBT

No Twitter, Justine Greening, falou que está em um relacionamento com alguém do mesmo sexo.

Publicado em 25/06/16 às 19:22

Do Gay1 Mundo

Pela internet, ministra britânica assume ser lésbica em dia de Parada LGBT

Foto: Getty Images

A ministra foi a deputada mais jovem da história britânica, em 2005.
A ministra britânica do Desenvolvimento Internacional, Justine Greening, usou sua conta no twitter para sair do armário neste sábado, no dia da Marcha do Orgulho LGBT, em Londres, e que está em um relacionamento serio.

Em post na rede social, Greening fez um trocadilho com o recente plebiscito sobre a presença britânica na União Europeia. "Hoje é um bom dia para dizer que estou feliz em um relacionamento com alguém do mesmo sexo. Fiz campanha para que permanecêssemos (na UE), mas às vezes é melhor sair (do armário, a expressão que significa assumir publicamente a orientação sexual)", escreveu a ministra.


O premiê David Cameron também usou o twitter para felicitar a colega de gabinete. "Parabéns, Justine. Grande notícia".

Greening, de 47 anos, foi eleita para o Parlamento britânico em 2005, pelo Partido Conservador. Na época, tornou-se a mais jovem deputada da história da casa. Com a ascensão dos conservadores ao poder, em 2010 - em coalizão com o Partido Liberal-Democrata -, ela foi nomeada ministra dos Transportes e assumiu a pasta atual em 2012.



O anúncio de Greening ocorre em um ano marcado por uma mudança de ares no meio político britânico em relação à tolerância sexual. Em fevereiro, 28 dos 32 deputados e deputadas britânicos assumidamente LGBTs posaram para uma foto nas escadas do parlamento.

No mês anterior, o ministro para Assuntos Escoceses, David Mundell, tornou-se o primeiro integrante do gabinete to governo Cameron a assumir publicamente sua orientação sexual.

Pelo menos 40 mil pessoas de 300 organizações LGBT participaram da marcha deste sábado no centro de Londres, segundo os organizadores.
 
Encontre-nos no Google+