Sem patrocínio, Parada LGBT de Copacabana deve ser cancelada

O Grupo Arco-Íris calcula em R$ 2 milhões os custos do evento, com trios elétricos, banheiros químicos e placas de sinalização.

Publicado em 07/09/16 às 12:49

Do Gay1 RJ Sem patrocínio, Parada LGBT de Copacabana deve ser cancelada

Em 2014, cerca de um milhão de pessoas desfilam na Parada do Orgulho LGBT de Copacabana.
A Parada do Orgulho LGBT, que há vinte anos desfila em Copacabana, não deve sair este ano segundo a colunista Fernanda Pontes, do O Globo. O motivo é a falta de verba. O Grupo Arco-Íris calcula em R$ 2 milhões os custos do evento, com trios elétricos, banheiros químicos e placas de sinalização. Só que os organizadores não receberam até hoje o repasse de R$ 200 mil do governo do estado, relativo ao desfile de 2015. A Petrobras, outro patrocinador, também não ajudará mais.
 
Encontre-nos no Google+