Haddad garante continuação e mais avanços em políticas públicas LGBT

Encontro reuniu travestis e transexuais atendidas pelo programa Transcidadania, lésbicas, gays e bissexuais em apoio à candidatura de Fernando Haddad. Assista!

Publicado em 01/10/16 às 14:25

Do Gay1 SP

Haddad garante continuação e mais avanços em políticas públicas LGBT

Foto: Divulgação

Fernando Haddad com drags queen durante encontro LGBT.
Um dos avanços indiscutíveis da gestão Fernando Haddad foi a atenção dada à população LGBT. Ao contrário de alguns candidatos à prefeitura de São Paulo, que consideram as pautas LGBTs como um assunto de segunda ordem, Haddad demonstrou na prática, nesses quatro anos de gestão, que políticas públicas para lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais estão no centro da atual prefeitura.

Neste clima de celebração das conquistas obtidas e de alerta para a necessidade de manter Fernando Haddad na prefeitura para dar continuidade a esses avanços, foi realizado o Encontro LGBTs com Haddad, na última terça-feira (20/09), no Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (APEOESP), no centro de São Paulo. O encontro reuniu beneficiárias do programa Transcidadania e ativistas LGBT em uma conversa com o prefeito.

A cartunista Laerte Coutinho participou do Encontro e falou sobre a importância de defender a reeleição de Fernando Haddad: “O que está se passando em São Paulo com a gestão do Haddad é muito importante. E isso corre o risco de se perder. Tudo isso que foi criado nessa gestão tem também o trabalho extra de se manter, de sobreviver e de continuar atendendo a nós”.

Fernando Haddad convocou a população a conquistar mais votos para fazer frente à onda de conservadorismo que avança pelo Brasil e dar continuidade às políticas LGBT desenvolvidas por sua gestão: “A melhor resposta que a gente pode dar para tudo isso que está acontecendo é dizer o seguinte: Nós vamos resistir e não vamos desistir de São Paulo”, afirmou o prefeito.



Entre as principais medidas da gestão de Fernando Haddad para o setor estão: a criação de três Centros de Cidadania LGBT nas regiões Leste, Sul e Centro da cidade; a ampliação em 130% do orçamento da Coordenação de Políticas LGBT; a implantação de três Unidades Móveis LGBT que circulam pela cidade de São Paulo promovendo a conscientização e respeito às pessoas LGBT; abertura de abrigo especial para pessoas LGBT em situação de rua; entre outras.

Mas, sem dúvidas, o carro chefe das políticas LGBTs desta gestão foi a criação do Transcidadania, programa pioneiro no Brasil que oferece condições para que travestis e transexuais em situação de vulnerabilidade social possam estudar e se profissionalizar. Além da bolsa e da profissionalização, as beneficiárias recebem atendimento psicológico, jurídico e social.
 
Encontre-nos no Google+