Conheça 15 hábitos que podem fazer seu 2017 um arraso de verdade

Encontrar os amigos, sorrir espontaneamente e aprender a meditar são metas fáceis de alcançar e que realmente funcionam.

Publicado em 03/01/2017 às 00:37

Por Versáteis.com

Conheça 15 hábitos que podem fazer seu 2017 um arraso de verdade

Foto: Reprodução/4You.

Encontrar os amigos, sorrir espontaneamente e aprender a meditar são metas fáceis de alcançar e que realmente funcionam.
Encontrar um novo amor, ganhar dinheiro, levar a academia a sério... Se você ainda não fez seus planos para 2017, pense com atenção no que realmente quer e precisa e faça um planejamento realista, inspirado em hábitos comprovadamente eficazes. Depois é só colocar em prática.

1 Aprenda a meditar

Diversos estudos comprovam que a prática da meditação, que desenvolve a capacidade de manter o foco no momento presente, ajuda a combater a depressão e a ansiedade. Pesquisas com pessoas que meditam por muito tempo, como os monges budistas, mostram que, nelas, as áreas cerebrais relacionadas à atenção, memória e ao controle emocional são mais desenvolvidas.

2 Leia boas histórias

As dificuldades da vida causam desânimo. Nada como uma boa dose de inspiração diária para dar a volta por cima. A leitura pode ser uma ferramenta poderosa na busca por menos estresse e mais criatividade. Isso sem falar que ler melhora o raciocínio, o vocabulário e o repertório cultural. Mães ou pais que leem também incentivam as crianças a adotarem o hábito pela vida afora.

3 Fique perto da natureza

A primeira resposta ao cansaço é ficar em casa. Mas nem sempre a saída mais óbvia é a solução ideal. Estudos comprovam que mudar de ambiente, principalmente se o local for arborizado, tem um impacto positivo no humor e ainda ajuda a diminuir o cortisol, hormônio ligado ao estresse. Sabe aquela praça perto de casa? Caminhar lá no final do dia pode ter um impacto positivo em sua rotina e ainda ajudar a dormir melhor. Experimente.

4 Ouça músicas tristes

Não é brincadeira. Por incrível que pareça, um estudo com 772 pessoas de diversas partes do globo apontou que músicas tristes são capazes de regular o mecanismo cerebral que trabalha as emoções, gerando a sensação de consolo. Talvez essa seja uma explicação para o sucesso das chamadas músicas de fossa.

5 Cultive bons sentimentos

É bem mais fácil, e até contagioso, reclamar, irritar-se e esperar o pior. Já olhar para o lado bom da vida exige treino e disciplina, mas a recompensa também é muito maior. Além de neutralizar os maus pensamentos, as emoções positivas têm a capacidade de aumentar a proatividade. Afinal, quem muito se queixa nada faz.

6 Escreva suas emoções

Para algumas pessoas é mais fácil ter clareza do que se sente. Para outras, nem tanto. Uma boa estratégia, segundo pesquisadores, é escrever. Organizar os sentimentos e pensamentos ajuda, inclusive, a dar o peso real a cada acontecimento da vida, sem tanto mimimi. Quem sabe o que realmente incomoda tem mais facilidade de buscar uma solução.

7 Inclua programas culturais em sua agenda

E nem adianta usar a falta de dinheiro como desculpa, pois não faltam boas oportunidades de programas gratuitos ou a preços acessíveis. Procure institutos culturais populares e fique de olho na programação de museus, que sempre oferecem um dia de visitação livre. Um estudo com 50 mil pessoas realizado na Noruega comprovou que esse tipo de atividade aumenta o bem-estar, a qualidade de vida e a satisfação.

8 Faça mais amigos

Não, não vale no Facebook. Um estudo demonstrou que passar mais tempo com os amigos da vida real promove uma sensação de alegria maior do que ficar com a família. Vale também rever aqueles que ficaram afastados com o passar do tempo. Não espere convites, tome a iniciativa.

9 Permita-se envelhecer

A febre da juventude eterna causa neuras intermináveis com a aparência e acaba por gerar tristeza e o sentimento de inadequação. O tempo traz mudanças inevitáveis e, acredite, algumas delas podem ser boas. A principal é dar menos importância a picuinhas que antes tiravam a paciência fácil. Relaxe e aceite-se.

10 Encontre seu exercício e o momento certo para praticá-lo

Fazer atividade física regularmente ajuda a prevenir a depressão, melhora a forma física e a saúde de maneira geral. Não há motivos para não se exercitar, a não ser a preguiça. Para quem tem dificuldades de se manter em movimento, a dica é escolher a atividade que dá mais prazer, não a da moda, e encontrar a hora certa para praticá-la. Não adianta se matricular na academia às 6h da manhã se você não gosta de acordar cedo. Seja honesto.

11 Faça sexo bom, mesmo que menos vezes

Quantidade não significa qualidade, pesquisadores provaram que o sentimento de gratificação trazido por uma boa transa, ou seja, aquela em que há intimidade, troca e afeto, é muito mais intenso e duradouro do que o bem-estar trazido por um orgasmo... ou por vários. Nesse caso, menos (mas bem feito) pode ser muito mais.

12 Aprenda a perdoar

Há muito já se sabe que guardar mágoas faz mal para a saúde e traz amargura para a vida. Agora, pesquisadores da Clínica Mayo, nos Estados Unidos, descobriram que os efeitos do ressentimento são bem piores quando o sentimento ruim se prolonga por muito tempo. Segundo eles, é como ter uma doença que consome as energias e a alegria da vida. O melhor mesmo é relevar e seguir.

13 Sorria de verdade

Tem gente que acha que forçar o sorriso ajuda a diminuir o mau humor. Segundo um novo estudo, isso é mentira. Sorrir só vale se for para valer, do contrário, o efeito pode ser pior. O problema é que o hábito de não sorrir muitas vezes nos impede de fazê-lo nas horas certas. Por isso, fique esperto e não perca as oportunidades de manifestar sua alegria.

14 Tome café

A cafeína ativa o sistema nervoso central e age como um antidepressivo natural. Claro que não dá para exagerar, pois a substância também pode acelerar o coração e causar mal-estar. Com moderação, o hábito de tomar café pode ser saudável e ainda dá mais disposição para curtir a vida, os amigos, ler e se exercitar.

15 Estabeleça metas realistas

Todo mundo quer ficar rico, encontrar o amor da vida, viajar pelo mundo e rejuvenescer. Mas quase nunca o pacote vem completo. Uma boa saída para não se frustrar é estabelecer objetivos possíveis e metas realistas. Quer perder peso? Comece mirando os cinco quilos e depois vá aumentando, caso necessário. Isso diminui bastante as chances de terminar o ano sem atingir seus objetivos.
 
Encontre-nos no Google+