Travesti não é atendida em delegacia do DF e é detida por quebrar vidros com sapato

Ela se feriu na mão e será indiciada por dano ao patrimônio público.

Publicado em 15/03/2017 às 16:03

Gay1 DF
Travesti não é atendida em delegacia do DF e é detida por quebrar vidros com sapato
Foto: ReproduçãoEntrada de delegacia de Taguatinga, no DF, com vidros quebrados.

Uma travesti foi detida na manhã desta terça-feira (28) após quebrar vidraças na entrada da 17ª DP, em Taguatinga Norte, no Distrito Federal. Segundo informações preliminares da Polícia Civil, ela teria se exaltado após tentar atendimento na unidade e não conseguir. O motivo de ela ter procurado a polícia inicialmente não foi divulgado.

A suspeita usou um sapato para bater nos vidros da delegacia, diz a corporação. Durante o ataque, ela acabou se ferindo em uma das mãos. Por isso, foi encaminhada ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT).

Foto: ReproduçãoJanela quebrada em delegacia do DF.

Após o atendimento médico, será encaminhada à 12ª DP (Taguatinga Centro), onde funciona a central de flagrantes da região e onde será feito registro da ocorrência.

Ela deve responder por dano ao patrimônio público, com pena podendo variar de um a seis meses de detenção e multa. Ainda de acordo com a Polícia Civil, havia policiais da 17ª DP preservando a segurança do local. No entanto, eles não poderiam registrar flagrantes – motivo pelo qual a travesti não recebeu atendimento.

A identidade dela não foi divulgada. No momento em que foi detida, estava sem documentos. A previsão é de que seja liberada ainda nesta terça-feira.

 
Encontre-nos no Google+