Gaston de 'A Bela e a Fera' diz que sair do armário não prejudicou carreira de galã

Luke Evans, de 38 anos, porém titubeou sobre aceitação do público de filmes de ação.

Publicado em 19/04/2017 às 10:51

Gay1 Entretenimento
Gaston de 'A Bela e a Fera' diz que sair do armário não prejudicou carreira de galã
Foto: DivulgaçãoLuke Evans como Gaston de 'A Bela e a Fera'.

Luke Evans, infelizmente, é uma exceção entre os atores que fazem muita gente suspirar na telona e na telinha. Galã, o ator, hoje com 38 anos, saiu do armário aos 15 anos e disse em entrevista para a revista The Jackal que isso nunca atrapalhou sua carreira.

"Eu não acho que estaria neste ramo se sentisse que não estava sendo empregado por causa do que sou em minha vida pessoal", disse ele que, em 2002, já havia falado sobre sua reservadíssima vida pessoal. "Bom, é algo que eu sempre falei muito com meu namorado à época: eu sabia que que mesmo que meu personagem fosse heterossexual, todos me conheciam como gay. Nunca tentei esconder nada", falou ele à revista Advocate.

Questionado sobre manter a discrição com relação à vida pessoal, ele, que viveu Gaston no live action de A Bela e a Fera, completou: "É particular. Como ator, você tem que manter um certo enigma, um mistério. Há dignidade em manter a vida privada. Estou tentando proteger as pessoas ao meu redor. É uma escolha que fiz", explicou.

Evans, que ainda atuou em filmes de ação como O Hobbit: A Desolação de Smaug e O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos, além nos três últimos filmes da franquia Velozes e Furiosos, falou sobre um herói LGBT nos filmes de ação.

"É uma questão difícil de responder", disse ele, sobre a aceitação do público com um herói de ação LGBT. "Não sei como Hollywood chama isso. Não vejo distinção: talento, sucesso, o que você faz com sua vida pessoal, não vejo como isso pode afetar a vida de alguém", finalizou.

Gaston de 'A Bela e a Fera' diz que sair do armário não prejudicou carreira de galã
Foto: DivulgaçãoLuke Evans para a revista 'The Jackal' .
© Portal Gay1
 
Encontre-nos no Google+