Canadá pedirá perdão para pessoas LGBT discriminadas no passado

Governo estuda formas de compensação às vítimas da LGBTfobia institucionalizada.

Publicado em 20/05/2017 às 11:00

Gay1 Mundo
Canadá pedirá perdão para pessoas LGBT discriminadas no passado
Foto: Reprodução/FacebookRandy Boissonnault (à esq.) é conselheiro de Trudeau para assuntos relacionados ao público LGBT.

O governo do Canadá pretende fazer um pedido de desculpas aos canadenses que enfrentaram injustiças por conta de sua sexualidade ou identidade de gênero.

Um assessor especial do primeiro-ministro Justin Trudeau para temas LGBT afirmou nesta quarta-feira que o governo vai reconhecer o papel da legislação e das políticas públicas na discriminação no passado — como por exemplo campanhas institucionais para eliminar homossexuais de corporações militares e do serviço público.

O congressista do Partido Liberal Randy Boissonnault afirmou que o governo está "comprometido a pedir perdão de uma maneira inclusiva e significativa antes do final de 2017".

O anúncio sucede o início de uma ação judicial coletiva e milionária que cobra do poder público indenizações a militares e servidores públicos que foram expulsos de seus empregos por conta de sua sexualidade ou identidade de gênero.

Boissonnault fez um pronunciamento pelo Dia Internacional contra a LGBTfobia, celebrado a cada dia 17 de maio. Um porta-voz do primeiro-ministro disse que Boissonnault irá estudar os próximos passos, que poderão incluir compensações.

Em março, a Alemanha aprovou uma lei que irá anular as sentenças de milhares LGBT criminalizados por conta da orientação sexual ou identidade de gênero depois da Segunda Guerra Mundial. Já no Reino Unido, milhares de homens condenados por leis do tipo receberam perdão póstumo em janeiro.

© Portal Gay1
 
Encontre-nos no Google+